Arquivo da categoria: Literatura

Cidades Impossíveis

Para quem não conseguiu aparecer no lançamento, os exemplares remanescentes podem ser adquiridos diretamente com a Editora Portal. Boa leitura! Anúncios

Publicado em Literatura, Rapidinhas | Deixe um comentário

Febre! Depois de quase um ano sem postar, hoje tá merecendo até dois posts! (sem nome) Patriotismo singular bairros são estados cada bar uma cidade cada puteiro uma capital. Imensa só não mais que um letreiro que uma procissão, verdadeiro … Continuar lendo

Publicado em Literatura, Minhas fumaças, Verso | Deixe um comentário

Merda boia

nunca entendi esse gosto estranho pelo mar… com tanta gente boiando por aí mais parece o quinto dos infernos.

Publicado em Literatura, Minhas fumaças, Verso | 1 Comentário

nos túneis…

Caminhar a rua, vontade mais de engatinhar altas árvores cinzentas se fecham quase más. Sem sol só a mortidão do piche e o falso conforto do meio fio. Caminho desce e desce mais cava túneis na escultura da cidade. Rua … Continuar lendo

Publicado em Literatura, Minhas fumaças, Verso | Deixe um comentário

De papel

E lá o barquinho ia água sujeira rato Vida pelo ralo com o azedo do dia Sonho da criançada piloto astronauta mendigo na esquina um mijo na calçada Comédia diária pega-pega ta com você polícia vira bandido bandido é chefão … Continuar lendo

Publicado em Literatura, Minhas fumaças, Verso | 1 Comentário

Algo novo

Sei que havia prometido versos… mas ainda estou insatisfeito com o que ando escrevendo… Por enquanto, deixo aqui um pequeno texto. “(Sem título) Meu quarto parece mais um quarteirão varrido por um furacão. São tantas coisas. Importantes, fúteis, interessantes. absolutamente … Continuar lendo

Publicado em Literatura, Minhas fumaças, Prosa | 3 Comentários

Versos noturnos

Um vento qualquer na janela Como um lobo a uivar no quintal Como um fantasma, um vagal, Atormentando por diversão. Se fosse tão simples assim, Dormir nesse escuro triste… São as luzes que faltam Que me fazem ainda acordar, Não … Continuar lendo

Publicado em Literatura, Minhas fumaças, Verso | 1 Comentário